NORMAS COMPLEMENTARES PARA A 11ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DO PCdoB/Capital


O Comitê Municipal do PCdoB do Rio de Janeiro, aprova a seguinte normatização municipal complementar para a realização das Assembléias de Base, Assembléias de Base de Jovens Comunistas, Plenárias de Filiados e da Conferência Municipal:

Art. 1º – A plenária da 11ª Conferência Municipal do Rio de Janeiro será realizada nos dias 18 e 19 de setembro de 2009;

Art. 2º – A ordem do dia da 11ª Conferência Municipal do Rio de Janeiro será:

1. Discussão e deliberação do Projeto de Resolução Política sobre a crise econômico-financeira, situação internacional e situação nacional;
2. Discussão e deliberação sobre o novo Programa Partidário;
3. Discussão e deliberação sobre a atualização da Política de Quadros e alterações aos artigos 5º, 9º, 42, 46 e 60 do Estatuto Partidário e suas decorrências além de outros ajustes de terminologia e de explicitação de atribuições;
4. Balanço das atividades de direção do Comitê Municipal ou Organização de Base. Estabelecimento do número de seus membros e eleição dos dirigentes do Comitê e das direções de Organizações de Base.
5. Eleição de delegados às Conferências de nível subseqüente

Art. 3º – A plenária da 11ª Conferência Municipal do Rio de Janeiro será constituída:

1. Pelos membros do Comitê Municipal cessante, eleitos delegados, com direito a voz e voto;
2. Pelos membros do Comitê Municipal cessante, não eleitos delegados, com direito a voz;
3. Por delegados(as) eleitos(as) em Assembléias de Base, Plenárias de Filiados e Assembléias de Base de Jovens Comunistas, com direito a voz e voto;
4. Por convidados, a critério do Comitê Municipal, com direito a voz.

Art. 4º – As Assembléias de Base, Plenárias de Filiados e Assembléias de Base de Jovens Comunistas, elegem delegados diretamente à plenária final da Conferência Municipal, no período de 15 de junho a 13 de setembro de 2009 (prazo final e improrrogável);

§ 1º – A eleição de delegados à Conferência Municipal se procederá com base na proporção a seguir:

1 delegado para cada 8 filiados reunidos na base + 1 por fração de 5. (sendo o mínimo, para 1 delegado, 3 reunidos)
– de 3 a 12 reunidos na Base : 1 delegado;
– de 13 a 20 “ “ “ : 2 delegados;
– de 21 a 28 “ “ “ : 3 delegados;
– de 29 a 36 “ “ “ : 4 delegados; e aí por diante

§ 2º – O voto para a eleição da direção da Organização de Base e dos delegados é secreto, único, intransferível em votações nome a nome.

§ 3º – Poderão ser eleitos suplentes na base de até 20% do nº total de delegados eleitos na Assembléia de Base, Plenária de Filiados ou Assembléia de Base de Jovens Comunistas.

§ 4º – Só poderão eleger e ser eleitos como delegados e dirigentes os militantes que estiverem quites com as finanças partidárias através da anuidade ou mensalidade, portanto, os que têm a CNM (Carteira Nacional de Militante) ou o comprovante de solicitação da mesma e que tenham abonadas suas filiações até 7 (sete) dias antes da respectiva Assembléia de Base.

§ 5º – Todos os filiados presentes nas Assembléias de Base, Plenárias de Filiados e Assembléias de Base de Jovens Comunistas poderão votar as deliberações políticas;

Art. 5º – A direção da Assembléia de Base, Plenária de Filiados ou Assembléia de Base de Jovens Comunistas deverá distribuir aos militantes e filiados a Ficha de Participação Congressual (FPC), cujo preenchimento é obrigatório, e condição de comprovação de realização da Assembléia de Base, Plenária de Filiados ou Assembléia de Base de Jovens Comunistas. O número do título eleitoral é condição obrigatória para seu cadastramento.

Art. 6º – Das Assembléias de Base, Plenárias de Filiados e Assembléias de Base de Jovens Comunistas lavrar-se-ão atas circunstanciadas, contendo:

a) assinaturas dos(as) participantes;
b) local, data e hora da sua realização, e o número de militantes e filiados mobilizados;
c) as Resoluções adotadas, com relatório de todas as emendas apreciadas, aprovadas ou não;
d) relação nominal completa dos delegados titulares e suplentes eleitos (em ordem de eleição) à 11ª Conferência Municipal;
e) a composição da direção do Organismo de Base eleito;
f) as assinaturas, ao final, do Presidente e do Secretário dos trabalhos.

Art. 7º – Os Comitês Auxiliares (Metalúrgicos, Educação, Seguridade Social, Distritais Méier, Norte, Bangu, Campo Grande, Vila Isabel/Tijuca, Ilha, Leopoldina e Santa Cruz), realizarão Conferências no período após a Conferência Municipal e antes da Plenária Final do 12º Congresso (normatizadas e convocadas pelo CM) através de Plenária de Militantes, onde elegerão sua nova direção.

Rio de Janeiro, 30 de junho de 2009
Comitê Municipal do PCdoB do Rio de Janeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s